Arquivo do autor:Cecília De Nichile

Magia ao Luar

* por Leonardo Beni Tkacz e Maria Lúcia Homem Magia ao Luar é a nova produção de Woody Allen, que assina a direção e o roteiro. Desde Match Point (2005), o velho continente tornou-se o cenário preferido para filmar suas histórias. … Continuar lendo

Publicado em 2014_2, crítica | Marcado com , | Deixe um comentário

Ditadura e Obscenidade! É grátis.

Dois dos temas mais polêmicos e discutidos no país ganham mostras gratuitas em São Paulo. A partir desse sábado dia 15/03, de encontro ao cinqüentenário do Golpe Militar de 64, o projeto Cine Direitos Humanos abre um ciclo especial de … Continuar lendo

Publicado em Agenda | Deixe um comentário

Novo módulo A Cidade!

Imagem | Publicado em | Deixe um comentário

Inside Llewyn Davis: “Como faz frio lá fora” e entrevista com os Irmãos Cohen

Por Ana Macitelli O novo filme dos Irmãos Cohen aborda o universo da música folk em Nova York, aquele de onde surgiu o ícone Bob Dylan. Em um clima tão frio quanto o acolhimento da música por parte do público, … Continuar lendo

Publicado em 2014_1, crítica, Entrevistas, Uncategorized | Deixe um comentário

Cine Direitos Humanos no Espaço Itaú – Frei Caneca

Cine Direitos Humanos é um projeto que já acontece desde setembro de 2013 e tem como intenção trazer ao público filmes estrangeiros e nacionais que se relacionam com as questões acerca dos direitos humanos. É a chance de ter contato … Continuar lendo

Publicado em Agenda, Uncategorized | Deixe um comentário

Ninfomaníaca Parte 1

Texto da psicanalista Lucia Maciel Ninfomaníaca, vol.1, de Lars von Trier começa em silêncio. Um beco, uma viela, paredes de pedras úmidas, luz amarelada e um orifício na parede. Tudo remete a simbologias femininas. Uma mulher machucada no chão e … Continuar lendo

Publicado em crítica, idéias, Uncategorized | Marcado com , | 1 Comentário

“Se você quer o fogo, vá às cinzas”: as ruínas de Peter Forgács

Por Ilana Feldman O problema da mediação O que está em jogo em um contexto cultural, político e econômico de apropriação das imagens amadoras (pelo cinema, pela mídia e pelo espetáculo), de disseminação das imagens de arquivo (do passado e … Continuar lendo

Publicado em 2014_1, idéias, Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário

Quando Eu Era Vivo, Horror Nacional

Desde seus primeiros curtas, o diretor e roteirista Marco Dutra flerta com o suspense e o estranhamento, mas sempre em conjunto com uma investigação sobre as angústias do ser humano. Seu trabalho com os ambientes, com os silêncios, com os … Continuar lendo

Publicado em Agenda, crítica, Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário

Entrevista com René Guerra

Nascido em Alagoas, o cineasta René Guerra angariou diversas premiações com seus filmes e peças de teatro, além de ter atuado na TV como roteirista e lecionado em oficinas de arte educação. Sua carreira teve início no teatro, tendo até … Continuar lendo

Publicado em Entrevistas | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Vamos falar sobre sexo

Os filmes Azul é a Cor Mais Quente, Tatuagem, Ninfomaníaca e Um Estranho no Lago apresentam um ponto em comum: o sexo. Porém, esse sexo, de cenas explícitas e naturalistas, apesar de ter se tornado tema polêmico para alguns, não … Continuar lendo

Publicado em crítica, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário